[Centro de recursos]     [Formação]     [Ateliers]     [e-Revista]     [Início] 

 

 

Ozarfaxinars

e-revista  ISSN 1645-9180

Direção: Jorge Lima   Edição e Coordenação: Fátima Pais

 

[Outros números publicados]

 

 

___44___

Setembro 2014

 

Dissertação - Pontes entre nós. A articulação docente no 1º CEB - Um contributo para a aprendizagem

Rosa Maria Nunes dos Santos

 

 

 

Com a publicação ou republicação de dissertações de doutoramento ou de mestrado da autoria de docentes de Matosinhos, pretendemos abrir um espaço de visibilidade para resultados de investigação em temáticas da Educação diretamente relacionadas com a realidade e a dinâmica das nossas Escolas Associadas.

 

Rosa Maria Nunes dos Santos

 

Professora do quadro do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira, em Leça da Palmeira, do grupo 110 (1º CEB). Neste agrupamento exerce funções de Professora Titular de Turma, na EB Amorosa; é Coordenadora do 1º ciclo e Coordenadora do Conselho de Docentes do 1º ano; é Formadora de Português. Habilitações: Bacharelato do Curso de Professores do Ensino Básico na variante de Português/Inglês; Licenciatura em Qualificação para o Exercício de Outras Funções Educativas em Administração Escolar e Administração Educacional; Pós-graduação em Ciências da Educação, Administração Escolar; Mestre em Ciências da Educação, área de Especialização em Supervisão Pedagógica; Certificação de Formadora em Didáticas Específicas de Português.

 

 

Âmbito

 

A dissertação apresentada foi elaborada no âmbito do mestrado do Curso de Ciências da Educação, na especialidade de Supervisão Pedagógica, Universidade Lusófona – Porto, com orientação científica da Professora Doutora Ariana Cosme, Porto 2012. Teve como principal objetivo dar resposta à questão “De que forma a prática pedagógica articulada e supervisionada entre o Professor Titular de Turma e os Professores das Atividades de Enriquecimento Curricular contribui para a melhoria das aprendizagens dos alunos do 1º CEB?” 

 

 

Resumo

 

Este trabalho de investigação centra-se num projeto de articulação curricular no 1º CEB, nomeadamente o trabalho supervisivo desenvolvido pelo Professor Titular de Turma (PTT) e Professores das Atividades de Enriquecimento Curricular (PAEC).  [Ler mais]

 

 

Destaques

 

 

[Caracterização do contexto de investigação]

O contexto onde decorreu a investigação não surgiu fruto de qualquer seleção específica. Este apenas era o local onde a investigadora desempenhava funções como Professora Titular de uma Turma do 2º ano de escolaridade.

 

 

[A Escola Portuguesa no séc XXI]

Falar de Escola é falar de educação. Compreender a escola é, também, compreender a evolução das ideias sobre educação ao longo dos tempos. Nesta linha de evolução, muitas têm sido as ideologias e práticas.

 

 

[A Escola a Tempo Inteiro]

Associado a um conjunto de razões não só educativas, mas também políticas e sociais, o conceito de escola a tempo inteiro começou por ser implementada com projetos de Enriquecimento Curricular ao nível do Ensino do Inglês nos 3º e 4º ano de escolaridade.

 

 

[Cultura de Escola]

Pelas interligações existentes nos vários conceitos subjacentes à cultura, e atendendo à complexidade das comunidades com os seus valores, práticas, crenças e comportamentos, o termo cultura torna-se polissémico e de difícil delimitação.

 

 

[Culturas Docentes e Culturas de Ensino]

A história de vida de cada um é construída ao longo da sua existência a partir de experiências vivenciadas em todas as dimensões pessoal, profissional, cívica e social, não só enquanto formandos, mas também enquanto formadores.

 

 

[Ser Professor, Hoje…]

Os novos papéis e desafios colocados aos professores, exigindo-lhes conhecimentos e intervenções nas mais diversas áreas, são fatores que podem contribuir para a crise da identidade profissional e para uma nova profissionalidade.

 

 

[Supervisão]

Nos dias de hoje, a problemática da supervisão pedagógica reveste-se da máxima importância, uma vez que o processo de desenvolvimento dos professores se repercute no desenvolvimento dos seus alunos. Vários estudiosos (Alarcão & Tavares, 1987; Vieira, 1993) dizem que fazer supervisão é ensinar.

 

 

[O Currículo e a sua flexibilidade]

Quando o professor constrói um Projeto Curricular, adequado às orientações nacionais, às características da escola e dos alunos a que diretamente se destina, articulando todas as atividades e experiências educativas que a escola, de uma forma intencional e estruturada, promove e avalia, clarificando o seu sentido e finalidade, está a usar o saber necessário à participação na construção de projetos curriculares flexíveis.

 

 

[Articulação Curricular e o seu Conceito]

A articulação curricular é um tema controverso pois arrasta consigo convicções, crenças que tentam justificar as razões da falta de articulação, ou mesmo das inúmeras dificuldades ligadas à sequencialidade.

 

 

[Articulação Curricular e Aprendizagem]

Consagrada nos normativos legais (Decreto Regulamentar n.º 10/99 de 21 de Julho) a articulação curricular deve promover a cooperação entre os docentes que trabalham numa organização escolar, procurando adequar o currículo aos interesses e necessidades específicas dos alunos através da articulação e da contextualização dos saberes.

 

 

[Problemática do Estudo]

Neste estudo, procura-se verificar de que forma a articulação e as interações estabelecidas entre os PTT e PAEC contribuem para a promoção das aprendizagens dos alunos do 1.º CEB. 

 

 

[Conclusão]

Tendo em conta o título desta dissertação “Pontes entre nós. A articulação docente no 1º CEB – um contributo para a aprendizagem” apetece escrever “à maneira de…” Vasconcelos transformando as suas palavras: «A articulação curricular é uma ponte que os professores atravessam de forma a transformarem o currículo numa estrada por onde as crianças viajam numa aventura rica, fascinante e memorável.»

 

 

[Bibliografia]

 

 

Texto integral

 

Santos, R. (2012). Ponte Entre Nós. A Articulação Docente no 1º CEB – um contributo para a aprendizagem, Dissertação de Mestrado no Curso de Ciências da Educação, Especialidade de Supervisão Pedagógica, na Lusófona - Porto.

[Versão em pdf]

 

 

 

 Agradecemos, desde já, a sua opinião sobre este número - ozarfaxinars@gmail.com

 

 

© CFAE_Matosinhos