[Centro de recursos]     [Formação]     [Ateliers]     [e-Revista]     [Início] 

 

 

Ozarfaxinars

e-revista  ISSN 1645-9180

Direção: Jorge Lima   Edição e Coordenação: Fátima Pais

 

[Outros números publicados]

 

 

___85___

Maio 2019

 

Matosinhos no Portal Infoescolas

Uma compilação de Jorge Lima e Fátima Pais

 

 

 

O Ministério da Educação e Ciência lançou em 2015 uma nova versão do Portal Infoescolas. O trabalho foi desenvolvido pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) em articulação com a Direção-Geral da Educação (DGE), com o objetivo de dar às escolas e à comunidade educativa acesso a informação estatística relevante sobre a demografia dos alunos da escola e sobre o seu desempenho escolar. Este Portal reúne hoje informação sobre todas as escolas e agrupamentos do País relativamente aos alunos do EB - 1.º, 2.º e 3.º Ciclos, Ensino Secundário - Cursos Científico-Humanísticos e Ensino Secundário - Cursos Profissionais. O Portal Infoescolas é um importante instrumento de análise do sistema educativo e um contributo para uma gestão estratégica, facilitando as tarefas de auto-avaliação em que todos os agrupamentos e escolas estão implicados.

  

Apresentamos de seguida uma recolha de dados longitudinal, disponíveis no Portal Infoescolas,

que mostram os resultados de desempenho escolar dos alunos de Matosinhos nos últimos 4 anos.

A exploração de toda a informação contida no Portal Infoescolas não se esgota, é claro, neste número da OZARFAXINARS, recomendando-se, por isso, uma visita detalhada ao portal que está disponível em: http://infoescolas.mec.pt/

  

O Portal Infoescolas nas palavras do Senhor SubDiretor-Geral da DGEEC

 

  

João Oliveira Baptista

 

O Doutor João Baptista é doutorado em Física - Matemática pela Universidade de Cambridge e Licenciado em Engenharia Física Tecnológica, pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa. De entre os projetos em Educação que liderou destacam-se: 1) Arquivo Escolar: Repositório aberto de sebentas universitárias de Matemática, na Universidade do Porto, Instituto Superior Técnico e Sociedade Portuguesa de Matemática. 2) Gravações Vídeo Universitárias: Gravação de cadeiras semestrais completas de Matemática e de Física lecionadas no Instituto Superior Técnico e na Universidade do Porto. 3) Projeto Aula Aberta: Projeto para divulgação de boas práticas no ensino secundário. Exerce, desde 2013, as funções de SubDiretor-Geral da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência.

  

O InfoEscolas é um portal do Ministério da Educação com dados estatísticos sobre os alunos matriculados em escolas públicas e privadas de Portugal continental. Os dados abrangem todos os ciclos do ensino básico, os cursos científico-humanísticos e os cursos profissionais do ensino secundário. Além de estatísticas nacionais, o portal mostra dados por distrito, por concelho, por escola e, desde o início do ano, também dados por agrupamento.  A motivação da DGEEC para o desenvolvimento do InfoEscolas assenta em três pilares fundamentais:

1) Aumentar a informação pública sobre o sistema educativo. Para que o sistema funcione de forma eficaz, é importante que a informação básica seja conhecida por todos os participantes. Não são só as decisões centrais do Ministério que contam, a miríade de decisões tomadas todos os dias por professores, alunos, pais, diretores de escola e autarquias pesam certamente muito mais, sendo importante que também estas tenham bons dados à disposição.

2) Melhorar a qualidade técnica dos indicadores conhecidos pela comunidade educativa. Até há poucos anos atrás, a única informação pública disponível sobre os resultados dos alunos nas diferentes escolas era a informação veiculada pela comunicação social nos rankings. Contudo, na DGEEC achávamos que conseguiríamos fazer melhor, em termos técnicos: poderíamos tentar medir a progressão dos alunos entre o momento de entrada e de saída da escola, seguindo todo o seu percurso no ciclo, em vez de medir apenas os resultados à saída; poderíamos mostrar resultados enquadrados com os contextos socioeconómicos; poderíamos ir além das médias, medindo as desigualdades de resultados dentro da escola, e por aí adiante. Hoje o InfoEscolas já mostra vários indicadores deste género.

3) Devolver às escolas informação estatística que possa ser útil para o seu próprio trabalho. No Ministério recebemos dados reportados por todas as escolas do país, o que dá um retrato global do sistema. Mas esta perspetiva global é valiosa também para as próprias escolas. Perceber como os resultados dos seus alunos se enquadram no panorama nacional, no panorama regional e, de forma mais pertinente ainda, no panorama das escolas com contextos socioeconómicos semelhantes, é importante para ajudar a escola a fazer diagnósticos corretos e a encontrar caminhos para continuar a melhorar.

Em fevereiro de 2019, foi divulgada ao público uma nova versão do InfoEscolas, com atualização de todos os dados e com a inclusão do novo indicador sobre a conclusão no tempo normal dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico. Esse indicador mostra, por exemplo, a percentagem de alunos da escola que conclui o 1.º ciclo em 4 anos. A percentagem de conclusões na escola é depois comparada com a média nacional para alunos com um perfil socioeconómico semelhante – uma comparação mais justa, para percebermos o trabalho das escolas, do que a comparação com a média geral. Esta nova informação junta-se aos indicadores já consolidados, como os percursos diretos de sucesso, as taxas de retenção ou desistência e os resultados dos alunos da escola nos diversos exames nacionais e provas de aferição. Esperamos que sejam dados interessantes e úteis.

 

Estatísticas do Ensino Básico - 1º Ciclo em Matosinhos

 41 escolas com alunos matriculados no EB - 1º Ciclo no ano letivo 2016/17

  

  

  

  

  

   

 

 Em 2016/17, nas 41 escolas que, no concelho de Matosinhos, oferecem EB - 1º Ciclo, estiveram matriculados 6176 alunos, o que corresponde a uma ligeira descida relativamente aos anos anteriores. A maior taxa de retenção ou desistência ocorreu no 2º ano e é de 6%, apenas ligeiramente inferior à média nacional que é de 7%. 99% dos alunos são de nacionalidade portuguesa. A diferença percentual entre o número de alunos do sexo feminino e masculino é mínima (1%). Ainda em 2016/17, 89% dos alunos concluíram o EB - 1º Ciclo em 4 anos, o que coloca este indicador acima da média nacional.

  

[Nota Técnica]

[Dados relativos ao EB - 1º Ciclo, por Escola]

 

Estatísticas do Ensino Básico - 2º Ciclo  em Matosinhos

15 escolas com alunos matriculados no EB - 2.º Ciclo Geral e Artístico no ano letivo 2016/17

 

  

  

  

   

 

  

  

   Em 2016/17, nas 15 escolas que, no concelho de Matosinhos, oferecem EB - 2º Ciclo, estiveram matriculados 3209 alunos, o que corresponde a uma descida relativamente aos anos anteriores. A taxa de retenção ou desistência no 5º ano é de 5%, no 6º ano é igual à da média nacional, 6%. 98% dos alunos são de nacionalidade portuguesa. A diferença percentual entre o número de alunos do sexo feminino e masculino é de 2%. Ainda em 2016/17, 92% dos alunos concluíram o EB - 2º Ciclo em 2 anos, o que coloca este indicador acima da média nacional em 1%.

  

[Nota Técnica]

[Dados relativos ao EB - 2º Ciclo, por Escola]

   

Estatísticas do Ensino Básico - 3º Ciclo  em Matosinhos

19 escolas com alunos matriculados no EB - 3º Ciclo do Ensino Geral e Artístico no ano letivo 2016/17

  

  

  

  

  

  

 

  

  

  Em 2016/17, nas 19 escolas que, no concelho de Matosinhos, oferecem EB - 3º Ciclo, estiveram matriculados 4731 alunos, o que corresponde a uma ligeira descida relativamente aos anos anteriores. A taxa de retenção ou desistência do 7º ano é de 12% (valor acima da média nacional - 11%). Nos 8º e 9º anos é de 6%, sendo a média nacional de 7%. 98% dos alunos são de nacionalidade portuguesa. A diferença percentual entre o número de alunos do sexo feminino e masculino é de 1%. Em 2017/18, 43% dos alunos obtiveram positiva nas provas nacionais do 9º ano após um percurso sem retenções nos 7º e 8º anos. Este indicador é igual ao da média nacional.

   

[Nota Técnica]

[Dados relativos ao EB - 3º Ciclo, por Escola]

  

Estatísticas do Ensino Secundário - Cursos Científico-Humanísticos  em Matosinhos

7 escolas com alunos matriculados em Cursos Científico-Humanísticos no ano letivo 2016/17

 

  

  

  

  

  

  

    

Em 2016/17, nas 7 escolas que, no concelho de Matosinhos, oferecem Ensino Secundário - Cursos Científico-Humanísticos, estiveram matriculados 2614 alunos, um valor idêntico ao dos anos anteriores. 98% dos alunos são de nacionalidade portuguesa. A diferença percentual entre o número de alunos do sexo feminino e masculino é de 3%, predominando o sexo feminino. A taxa de retenção ou desistência do 10º ano é 18% (acima da média nacional, 16%) em relação ao 11º ano é de 9% (acima da média nacional, 8%) e no 12º ano é de 29% (acima da média nacional, 28%). Em 2017/18, 33% dos alunos obtiveram positiva nos exames nacionais do 12º ano após um percurso sem retenções nos 10º e 11º anos.

  

[Nota Técnica]

[Dados relativos ao Ensino Secundário, por Escola]

  

Estatísticas do Ensino Secundário - Cursos Profissionais  em Matosinhos

9 escolas com alunos matriculados em Cursos Profissionais no ano letivo 2016/17

 

  

  

  

  

  

   Em 2016/17, nas 9 escolas que, no concelho de Matosinhos, oferecem Ensino Secundário - Cursos Profissionais, estiveram matriculados 1483 alunos, o que corresponde a uma ligeira subida em relação a anos anteriores. 98% dos alunos são de nacionalidade portuguesa. A diferença percentual entre o número de alunos do sexo feminino e masculino é de 3%, predominando o sexo masculino. Em 2016/17, 64% dos alunos concluíram o ensino profissional em três anos ou menos.

   

[Nota Técnica]

[Dados relativos ao Ensino Secundário, por Escola]

  

Bases de dados no Portal Infoescolas

[Bases de dados em formato .xlsx ou .ods - Estatísticas do Ensino Básico e do Ensino Secundário]

  

Seminário sobre o Portal Infoescolas

  

  

Decorreu, no passado dia 15 de Maio, no Auditório da Escola Secundária Augusto Gomes, um seminário, iniciativa conjunta do CFAE_Matosinhos e da sua Escola-Sede, que teve como objetivos: Conhecer o Portal Infoescolas. Explorar as possibilidades da informação contida no Portal Infoescolas. Explorar os novos indicadores do Portal Infoescolas - indicador dos percursos diretos de sucesso; indicador da conclusão do ciclo no tempo normal; indicadores por disciplina para cada exame nacional ou prova de aferição; indicador do alinhamento das classificações internas da escola; indicadores por agrupamento que serão utilizados no novo ciclo de avaliação externa das escolas (organizada pela IGEC), etc.

  

  

(Clicar para visualizar a apresentação)

 

Este seminário foi dinamizado pelo Doutor João Oliveira Baptista, Sub-Diretor Geral da DGEEC, que nos honrou com a sua presença.

Foram abordados os temas seguintes: Panorâmica geral da informação disponível no portal Infoescolas. Discussão de aprofundamento sobre alguns dos indicadores disponíveis sobre resultados escolares: Como são calculados esses indicadores; Como devem ser interpretados; Quais as suas vantagens e desvantagens em relação a outros indicadores mais tradicionais. Resposta a dúvidas, sugestões, opiniões e casos concretos. Aprofundamento do trabalho sobre os indicadores de resultados académicos que serão utilizados no próximo ciclo de avaliação externa das escolas. Alguns dos indicadores por disciplina.

 

 Agradecemos, desde já, a sua opinião sobre este número - ozarfaxinars@gmail.com

 

 

 

© CFAE_Matosinhos