[Centro de recursos]     [Formação]     [Ateliers]     [e-Revista]     [Início] 

 

 

Ozarfaxinars

e-revista  ISSN 1645-9180

Direção: Jorge Lima   Edição e Coordenação: Fátima Pais

 

[Outros números publicados]

 

 

___40___

Janeiro 2014

 

Projeto: Robótica ESBN

Coordenação de Fátima Pais

 

 

A OZARFAXINARS retoma a divulgação de projetos em desenvolvimento nas nossas Escolas Associadas contribuindo para a sua visibilidade e partilha. Dedicamos este número ao projeto Robótica ESBN, da Escola Secundária da Boa Nova - Leça da Palmeira.

 

 

 

A robótica é considerada hoje a mola mestra de uma nova mutação dos meios de produção, isto devido a sua versatilidade, em oposição à automação fixa ou “hard”, atualmente dominante na indústria. Os robôs, graças ao seu sistema lógico ou informático, podem ser reprogramados e utilizados em uma grande variedade de tarefas. Mas, não é a reprogramação o fator mais importante na versatilidade desejada e sim a adaptação às variações no seu ambiente de trabalho, mediante um sistema adequado de percepção e tratamento de informação.

 

Ferreira, Edson de Paula (1991). Robótica Básica - Modelagem de Robôs. Rio de Janeiro.

 

O projeto

 

 

[Robótica ESBN]

 

Este projeto é destinado à construção, programação, teste e utilização de robôs móveis.Nos jovens, quando se pode aliar à observação o desenvolvimento dos próprios robôs, há uma motivação acrescida, pelo esforço realizado na criação de algo novo e com um comportamento autónomo.

 

Objetivos

 

• Possibilitar o contacto com o mundo da Robótica.

• Aprender a montar e programar um robô.

• Aplicar métodos de "aprender fazendo"            

• Promover o desenvolvimento do raciocínio.

• Desenvolver competências interdisciplinares.  

• Difundir competências técnico-científicas.

• Estimular a criação de projetos.             

• Criar um espaço de progresso pessoal.

• Fomentar a criatividade, a autonomia e o espírito de equipa.

 

Atividades

 

• Montagem/construção de micro robôs móveis, autónomos, tendo em vista

a participação em concursos e competições de robótica ou utilização lúdica em geral.

• Programação dos robôs aplicando conhecimentos das tecnologias de sensores,

locomoção, morfologia e interação com o ambiente, bem como arquiteturas de processamento.

• Simulação de Agentes Inteligentes - Elaboração de programas

que façam a “ponte” entre aquilo que o agente perceciona e as ações que vai executar.

 

 

Imagens do projeto

 

 

 

 

 

 

 

Workshops para alunos do projeto

 

Todos os anos letivos é proporcionado, na escola, um workshop de robótica aos alunos envolvidos no projeto com a colaboração da Universidade Fernando Pessoa e orientado pelo Professor Doutor José Torres.

 

 

 

 

Robô Circular GT - Um dos protagonistas

 

A placa de circuito impresso Circular GT contém todos os elementos necessários para a construção do pequeno

Robô. Nesta está instalado o cérebro do Robô, um microcontrolador PIC16F876A que lê os sensores instalados na placa e atua o andar de potência que fornece a corrente necessária para a deslocação do Robô. Adicionalmente esta placa permite a ligação de sensores e atuadores através de dois barramentos, com acesso aos pinos disponíveis de entrada/saída (E/S) do microcontrolador.

 

 

Como se constrói um robô

 

 

IST Oficinas de Robótica CIRCULAR GT

 

[Manual de construção de um Robot GT]

DEEC - Departamento de Engenharia Eletrónica de Computadores - Instituto Superior Técnico

Ciência Viva

 

 

Robótica no currículo

 

[A robótica como facilitadora do processo ensino-aprendizagem de matemática no ensino fundamental]

A robótica educativa não é jovem, tendo surgido por volta da década de 1960, quando seu pioneiro Seymour Papert desenvolvia sua teoria sobre o construcionismo e defendia o uso do computador nas escolas como um recurso que atraía as crianças.

 

[Uma proposta de ensino-aprendizagem de programação utilizando robótica educativa e storytelling]

O propósito deste estudo é apresentar uma proposta de ensino-aprendizagem para disciplinas de programação, de um Curso Profissional, com recurso à Robótica Educativa e ao Storytelling, tendo como objetivo estimular a criatividade e o interesse dos alunos na programação

 

[Robôs enriquecem o currículo escolar e estimulam o cérebro]

Usar a robótica como recurso de ensino favorece o raciocínio lógico, a criatividade e o relacionamento interpessoal.

 

 

Outros projetos de robótica em escolas portuguesas

 

[Campeões Mundiais - Robocup 2013 - Prova individual]

Equipa ESA Robots, alunos da Escola Secundária de Amares

 

[Campeões Mundiais - Robocup 2013 - Superteam]

E menção honrosa de "Best Team Collegiality", alunos do Agrupamento de Escolas de São Gonçalo

 

[Projeto CAPER]

Capacitar a Aprendizagem e Promover Estratégias de Utilização da Robótica,

Direção de Serviços de Tecnologias Educativas, Direção Regional de Educação, Funchal, Madeira

 

[Clube de Robótica]

Blogue de divulgação das atividades do Clube de Robótica e outras curiosidades tecnológicas.

Escola Secundária de Gondomar

 

[Clube de Informática e Robótica]

Escola Secundária Emídio Navarro

 

 

Eventos de robótica

 

[13º Festival Nacional de Robótica]

O Festival Nacional de Robótica teve a sua 1.ª edição em 2001, e tem como objetivo a promoção da Ciência e da Tecnologia junto dos jovens dos ensinos básico, secundário e superior, bem como do público em geral, através de competições de robôs.

 

[Roboparty]

6 a 8 de Março 2014

Pavilhão Desportivo, Universidade do Minho, Guimarães

 

 

 

Robot Exhibition Tokyo "iRex" 2013, a maior feira de robótica do Mundo

 

 

Robótica como terapia

 

[Robótica como terapia para autistas]

Um grupo de investigação da Universidade do Minho, em parceria da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), está a desenvolver um projeto para a utilização de robôs como meio de comunicação e interação com alunos autistas. 

 

 

Links de referência

 

[Sociedade Portuguesa de Robótica]

A Sociedade Portuguesa de Robótica foi criada em 28 de Abril de 2006 como uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é o de promover e estimular o ensino, a investigação científica, o desenvolvimento tecnológico e as aplicações (indústria e serviços) na área da robótica

 

[Arduino]

O Arduino é uma plataforma de prototipagem eletrónica opensource que se baseia em hardware e software flexíveis e fáceis de usar. É destinado a artistas, designers, hobbistas e qualquer pessoa interessada em criar objetos ou ambientes interativos.

 

 

 

 Agradecemos, desde já, a sua opinião sobre este número - ozarfaxinars@gmail.com

 

 

© CFAE_Matosinhos