[Centro de recursos]     [Formação]     [Ateliers]     [e-Revista]     [Início] 

 

 

Ozarfaxinars

e-revista  ISSN 1645-9180

Direção: Jorge Lima   Edição e Coordenação: Fátima Pais

 

[Outros números publicados]

 

 

___42___

Maio 2014

 

Dissertação - Impacto das Tecnologias de Informação no processo educativo do ensino secundário

Maria de Fátima Leite Correia Pais

 

 

 

Com a publicação ou republicação de dissertações de doutoramento ou de mestrado da autoria de docentes de Matosinhos, pretendemos abrir um espaço de visibilidade para resultados de investigação em temáticas da Educação diretamente relacionadas com a realidade e a dinâmica das nossas Escolas Associadas.

 

 

Maria de Fátima Leite Correia Pais

 

Professora do quadro da Escola Secundária da Boa Nova – Leça da Palmeira, do grupo 550 (Informática), Licenciada em Informática/ Matemáticas Aplicadas pela Universidade Portucalense e Matemáticas Aplicadas à Informática pela Universidade Livre. Mestre em Tecnologias da Informação e Comunicação pela Universidade Fernando Pessoa do Porto.

 

 

Âmbito

 

A dissertação apresentada foi elaborada no âmbito do mestrado em Sistemas de Informação e Multimédia - Impacto das Tecnologias de Informação no processo educativo do ensino secundário, apresentada na Universidade Fernando Pessoa - Porto com orientação científica dos Professores Doutores José Torres e Rui Moreira, Porto, 2007. Teve como principal objetivo provar que com a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação na sala de aula, tendo a possibilidade de fomentar um tipo de ensino centralizado no aluno poder-se-á combater alguns fatores que contribuem para o insucesso escolar: falta de oportunidade para esclarecimento de dúvidas, desinteresse pela disciplina, falta de hábitos de estudo, falta de atenção/concentração e falhas na compreensão da linguagem dos professores.

 

 

Resumo

 

O trabalho apresentado consiste no estudo do impacto das Tecnologias de Informação e Comunicação, no processo educativo do ensino secundário.

Tem como objetivo principal, uma avaliação do desenvolvimento cognitivo dos aprendentes, com a utilização de suportes digitais e de uma plataforma e-learning.

A utilização das tecnologias para o acréscimo de motivação, de quem recebe e de quem transmite informação, pode ser uma mais-valia, no aumento de aquisição de conhecimentos, e diminuição do abandono escolar.

Não será possível mudar a Escola se não considerarmos a sua contextualização neste novo mundo. É óbvia a necessidade de um investimento em recursos tecnológicos mas também é preciso não esquecer que todos os envolvidos no processo devem estar, naturalmente, por dentro desta realidade, de modo a compreenderem e poderem corresponder às solicitações e vantagens da Sociedade da Informação.

 

 

Destaques

 

 

[Motivação]

Escola, pode-se referir a uma instituição de ensino ou a uma corrente de pensamento com características padronizadas que formam certas áreas do conhecimento e da produção humana.

 

 

[Metodologia do estudo de caso]

Este estudo foi cingido ao uso do software dos tipos Ferramenta e Tutor.

 

 

[A escola atual]

Não nos é difícil comummente apreendermos a escola como uma organização cujo sentido se encontra na necessidade de preparar os indivíduos para o desempenho de papéis sociais: "O seu papel é difundir a sabedoria e esta é necessária para o funcionamento da sociedade.

 

 

[Visão de uma nova escola]

Para Papert (1997) mais do que a utilização do computador como forma de auxiliar as estratégias de ensino até então utilizadas, a mudança terá de ser no sentido de equacionar o uso dos poderosos recursos, computador, como suporte ao pensamento e desenvolvimento intelectual e social dos indivíduos e, sobretudo, como fator indutor de uma “nova cultura de aprendizagem”.

 

 

[Obstáculos à mudança]

As TIC têm efeitos simultaneamente atrativos e problemáticos. Se, por um lado, melhoram as condições de trabalho bem como a rentabilidade, por outro, implicam a necessidade permanente de formação, podendo até mudar radicalmente a natureza da própria atividade profissional.

 

 

[Diferentes contributos da mudança]

A integração das TIC nas escolas já é uma realidade, porém todos os argumentos que justificam a utilidade das mesmas ainda não se tornaram na realidade atual da escola.

 

 

[Limitações]

A integração das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) na educação foi, e é, um dos objetivos das entidades responsáveis pela educação em Portugal.

 

 

[A Educação e as TIC]

Números proeminentes do Ministério da Educação revelam que a unidade de computadores com ligação à Internet, disponíveis nas escolas do ensino público, é de uma máquina para cada 12,8 alunos.

 

 

[Casos de pesquisa]

Aquando a coragem para uma iniciativa à mudança e ultrapassagem das barreiras, surgem exemplos positivos.

 

 

[Conclusões]

Na avaliação do trabalho desenvolvido existe uma opinião positiva pela incursão de interesses e motivações nos alunos e professores envolvidos.

 

 

[Bibliografia]

 

 

Texto integral

 

Pais, F. (2007). Impacto das Tecnologias de Informação no processo educativo do ensino secundário caso, Dissertação de Mestrado em Sistemas de Informação e Multimédia - Impacto das Tecnologias de Informação, na Universidade Fernando Pessoa - Porto.

[Versão em pdf]

 

 

 

 Agradecemos, desde já, a sua opinião sobre este número - ozarfaxinars@gmail.com

 

 

© CFAE_Matosinhos