[Centro de recursos]     [Formação]     [Ateliers]     [e-Revista]     [Início] 

 

1993-2018

25 anos de Formação Contínua

 

  Formação 

[Planos de formação]   [Lista de ações acreditadas]   [ACD]   [BFI]   [D... de debate!]   [Encontros de Boas Práticas]   [Monitorização e Avaliação]

 

 

Monitorização e Avaliação da Formação e do CFAE_Matosinhos

 

Neste espaço divulgamos os mecanismos utilizados na Monitorização da formação e na Avaliação Interna do CFAE_Matosinhos. O sistema de Avaliação Externa dos CFAE é, nos termos da legislação em vigor, da responsabilidade da DGAE e da IGE.

 

M o n i t o r i z a ç ã o   d a   f o r m a ç ã o

 

A monitorização da formação realizada pelo CFAE_Matosinhos compete à SFM - Secção de Formação e Monitorização sob a supervisão do Conselho de Diretores. Esta ação de continuidade, exercida ao longo de todo o ano, desenrola-se, para cada ação e turma nos 10 momentos-chave que se referenciam de seguida.

 

Momento 1. Antes da primeira sessão da turma

Instrumento Reunião de clarificação das finalidades da formação.

Decorre com a presença do  formador, o Diretor do CFAE_Matosinhos e, se necessário, o(a) Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação). Esta reunião tem como ponto de partida o problema que se pretendeu solucionar com esta formação.

Evidências Memorando elaborado pelo Diretor do CFAE_Matosinhos.

 

Momento 2. Após a primeira sessão da turma

Instrumento   Pequeno relatório de balanço da primeira sessão da ação a ser remetido pelo formador(a) ao Diretor do CFAE_Matosinhos.

Evidências   Caracterização do grupo de formandos; Reparos, críticas ou sugestões que os formandos tenham apresentado; Indicação de formandos que faltaram; Indicações sobre a clarificação dos aspetos relacionados com a avaliação dos formandos. Eventuais alterações ao calendário-horário traçado negociadas com os formandos; Referência à adequação das instalações e equipamentos disponibilizados para a formação; Indicação de dificuldades relacionadas com o registo de formandos ou o funcionamento do espaço Moodle da turma; Referências a outros aspetos.

 

Momento 3. Após a segunda sessão

Instrumento Contacto direto com (20 a 30%) dos formandos da ação a ser realizado pelo Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola, registando perceções dos formandos no que respeita:

- às motivações que levaram à sua inscrição nesta ação;

- às primeiras impressões sobre a forma como a ação está a corresponder às suas expetativas.

Evidências Memorando produzido pelo Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola e a remeter ao Diretor do CFAE_Matosinhos.

 

Momento 4. Durante a ação

Instrumento Identificação, através das folhas de registo de sumários e de presenças dos formandos que desistiram ou abandonaram a formação. Registo de mensagens de comunicação de desistência enviadas pelos formandos.

Evidências Memorando referenciando os formandos que desistiram ou abandonaram a formação remetido pelo Diretor do CFAE_Matosinhos ao Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação e ao formador.

 

Momento 5. Sempre que se justifique

Instrumento Entrevista formal a formandos da turma tendo por base as questões seguintes:

- Quais os pontos fortes desta ação, até ao momento?

- Quais os pontos fracos, até ao momento?

- Que aspetos poderão ser melhorados?

Evidências Memorando a produzido pelo Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola e a remeter ao Diretor do CFAE_Matosinhos.

 

Momento 6. A meio da ação

Instrumento Inquérito de avaliação da satisfação intermédia dos formandos, a remeter aos formandos pelo Diretor do CFAE_Matosinhos.

Evidências Resultados do Inquérito de avaliação da satisfação intermédia dos formandos a remeter pelo Diretor do CFAE_Matosinhos ao Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação e ao formador.

 

Passo 7. Após a última sessão da turma

Instrumento  Inquérito de avaliação da satisfação dos formandos, a remeter aos formandos pelo Diretor do CFAE_Matosinhos.

Evidências Resultados do Inquérito de avaliação da satisfação dos formandos a remeter pelo Diretor do CFAE_Matosinhos ao Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação e ao formador.

 

Passo 8. Após a receção do relatório do formador

Instrumento Parte do relatório do formador relativa ao funcionamento da ação.

Evidências Referências produzidas pelo formador no seu relatório final relativas a: Cumprimento das condições de acreditação; descrição do ambiente vivido nas sessões presenciais; tipo de trabalho autónomo que foi realizado (se aplicável); meios previamente solicitados para a realização da ação, identificando problemas detetados, deficiências ou danos em materiais ou equipamentos utilizados; métodos e instrumentos utilizados na recolha de evidências tendo em vista a avaliação dos formandos; lista de trabalhos produzidos pelos formandos (TI ou outros) que o formador recomenda para publicação na OZARFAXINARS merecedores de destaque pela sua qualidade e relevância; considerações finais sobre o funcionamento da ação.

 

Passo 9. Após a ratificação dos resultados pelo Conselho de Diretores

Instrumento Pauta dos resultados finais de avaliação da turma.

Evidência Resultados finais de avaliação da turma em pauta disponível no sítio institucional da Internet do CFAE_Matosinhos. O Diretor do CFAE_Matosinhos notificará, no próprio dia de publicação da pauta, o Diretor(a), o Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação e o formador.

 

Passo 10. 3 a 6 meses após o final da formação

Instrumentos   Inquérito de avaliação do impacto da formação realizada sobre o problema que se pretendeu solucionar com a formação. Entrevistas estruturadas a realizar pelo Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação aos formandos da turma.

Evidências Resultados do inquérito de avaliação do impacto da formação realizada sobre o problema que se pretendeu solucionar com a formação e resultados das entrevistas estruturadas a realizar pelo Responsável pelo Plano de Formação do Agrupamento/Escola que solicitou a formação aos formandos da turma, expressos, nomeadamente, em sede de  RAAFA - Relatório Anual de Avaliação da Formação e Atividades.

 

A v a l i a ç ã o   I n t e r n a   d o   CFAE_Matosinhos

 

Na avaliação interna do CFAE_Matosinhos:

- partimos de um referencial com referentes externos e referentes internos;

- consideramos 11 parâmetros de avaliação;

-  utilizamos uma bateria de instrumentos na recolha de dados e informações.

A todos eles se fará referência de seguida.

 

R e f e r e n c i a l

 

Referentes Externos

 

[Lei de bases do sistema educativo]

Lei n.º 46/1986, de 14 de Outubro

 

[Estatuto da carreira docente]

Lei n.º 80/2013, de 28 de Novembro

 

[Regime Jurídico da Formação Contínua de Docentes]

Decreto-Lei n.º 22/14, de 11 de Fevereiro

 

[Constituição e o funcionamento dos Centros de Formação de Associação de Escolas]

Decreto-Lei nº 127/2015, 7 de Julho

 

[Princípios e objetivos que marginam a Formação Contínua de Docentes]

 

Regulamentos estabelecidos pelo CCPFC - Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua

Aprovados em 9 de Maio de 2016

[Regulamento para Acreditação de ações de formação continua]

[Acreditação de ações de formação - Parâmetros e critérios de avaliação]

[Regulamento de Acreditação de Formadores]

 

Legislação Complementar

 

 

Referentes Internos


[
Regulamento Interno do CFAE_Matosinhos]

Versão revista, em vigor, aprovada pela Comissão Pedagógica - Conselho de Diretores em 6 de Dezembro de 2016

 

[Diretrizes definidas pela Comissão Pedagógica para a construção do Plano de Formação]

Plano de formação de Agrupamento / Escola em 8 passos - Do caráter estratégico à conceção, avaliação e legislação que o suporta

 

[Plano de formação 2016-18]

Versão publicado em 2017-04-28

 

[Plano de formação 2015-17]

Publicado em 2016-05-18

 

Carta de Missão do Diretor do CFAE_Matosinhos

 

[RAAFA 2016-17 - Relatório Anual de Avaliação da Formação e Atividades]

 

[RAAFA 2015-16 - Relatório Anual de Avaliação da Formação e Atividades]

 

 

P a r â m e t r o s

 

São 11 os parâmetros de avaliação que consideramos na avaliação interna do CFAE_Matosinhos.

 

I. Formação realizada

II. Formandos

III. Classificações atribuídas

IV. Funcionamento das ações

V. Formadores

VI. Impacto da formação

VII. A formação nos últimos anos

VIII. Outras atividades de formação

IX. Presença Web e de e-correio

X. Serviço prestado

XI. Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças

 

I. Formação realizada

 

1. Formação acreditada para docentes.

2. Atividades de formação para docentes reconhecidas e certificadas como ACD.

3. Formação para Pessoal Não Docente.

4. Caracterização da formação realizada.

4.1. Formandos que realizaram formação em oficinas, cursos, jornadas e ACD.

4.2. Formandos que realizaram formação pertencentes a AE/E Associados(as).

4.3. Ratio de formandos dos AE/E Associados(as) que realizaram formação.

4.4. ACD (Ações de curta duração) reconhecidas e certificadas.

4.5. Total de ações realizadas por público-alvo (Docente / Não docente).

4.6. Total de turmas por público-alvo (Docente / Não docente).

4.7. Total de turmas por modalidade de formação.

4.8. Total de formandos que realizaram formação em oficinas, cursos ou jornadas.

4.9. Enquadramento da realização da formação (em número de turmas).

4.10. Enquadramento da realização da formação

 (em percentagem do número total de formandos).

4.11. Total de participantes em ações em formato de b-learning.

4.12. Nº de recursos.

4.13. Cursos, oficinas ou jornadas realizadas no âmbito da BFI.

4.14. Cursos, oficinas ou jornadas realizadas em articulação com a Tutela – DGAE.

4.15. Cursos, oficinas ou jornadas realizadas em parceria com: RBE, CMM, ULSM.

4.16. Cursos e oficinas realizadas no âmbito da especialidade do docente.

4.17. Cursos realizados em formato de b-learning.

 

II. Formandos

 

1. Total de formandos por AE/Escola.

2. Ratio de Docentes/Docentes em formação por AE/Escola.

3. Ratio de Não docentes/Não docentes em formação por AE/Escola.

4. Formandos docentes por grupo de recrutamento por AE/Escola (não considerando as ACD).

5. Ratio de Docentes/Docentes em formação por AE/Escola (não considerando as ACD).

6. Formandos docentes por grupo de recrutamento por AE/Escola (considerando apenas ACD).

7. Ratio de Docentes/Docentes em formação por AE/Escola considerando apenas as ACD).

8. Docentes de AE/E Associados(as) que realizaram formação (por grupo de recrutamento).

9. Docentes de AE/E Associados(as) que frequentaram ACD (por grupo de recrutamento).

10. Não docentes de AE/E Associados(as) que realizaram formação (por categoria).

 

III. Classificações atribuídas

 

1. Classificações atribuídas aos formandos docentes.

1.1. Em todas as modalidades.

1.2. Em oficinas de formação.

1.3. Em cursos de formação.

2. Classificações atribuídas aos formandos não docentes.

 

IV. Funcionamento das ações

 

1. Avaliação das ações pelos formandos docentes.

1.1. Apreciação geral e por parâmetro de análise.

1.2. Destaques - pontos fortes, pontos fracos e sugestões.

2. Avaliação das ações pelos formandos não docentes.

2.1. Apreciação geral e por parâmetro de análise.

2.2. Destaques – sugestões.

 

V. Formadores

 

1. Formadores de Pessoal Docente.

1.1. Avaliação pelos formandos docentes.

1.2. Cumprimento de funções, prazos e procedimentos.

1. 3. Outros aspetos.

2. Formadores de Pessoal Docente.

2.1. Avaliação pelos formandos docentes.

2.2. Cumprimento de funções, prazos e procedimentos.

2.3. Outros aspetos.

 

VI. Impacto da formação

 

1. Resultados do inquérito de recolha de perceções

sobre o impacto da formação nas práticas docentes.

1.1. Alterações na prática docente.

1.2. Aspetos em que se verificaram alterações na prática docente.

1.3. Aspetos inovadores que a formação trouxe.

1.4. Regularidade de aplicação na prática docente.

1.5. Em caso negativo razões porque a realização

não provocou alterações na prática docente.

2. Outras evidências.

 

VII. A formação nos últimos anos

 

- Volume de formação global para pessoal docente

e não docente realizado (em horas de formação x formando)

- Formandos que realizaram formação

em oficinas, cursos, jornadas e ACD, Centro e Não Centro

- Formandos pertencentes a AE/E Associados(as) que realizaram formação

- Ratio de formandos docentes dos AE/E Associados(as) que realizaram formação (%)

- ACD (Ações de curta duração) reconhecidas e certificadas

- Total de docentes que participaram em ACD

- Total de formandos que realizaram formação em oficinas, cursos ou jornadas

- Total de formandos docentes que realizaram formação em oficinas, cursos ou jornadas

Total de formandos não docentes que realizaram formação em cursos ou jornadas

- Ratio de formandos não docentes dos AE/E Associados(as) que realizaram formação (%)

- Total de ações (sem considerar as ACD) realizadas por público-alvo (docente / não docente)

- Total de turmas por público-alvo (docente / não docente)

- Turmas realizadas no âmbito da BFI

- % do número total de formandos que frequentaram ações no âmbito da BFI

- Turmas realizadas no âmbito de parcerias

- % do número total de formandos que frequentaram ações no âmbito de parcerias

- Turmas realizadas com a tutela

- % do número total de formandos que frequentaram ações no âmbito de ações realizadas com a tutela

- Turmas realizadas com recurso a formadores externos

- % do número total de formandos que frequentaram ações no âmbito de ações realizadas com recurso a formadores externos

- % de participantes em ações em formato de b-learning

- Cursos e oficinas realizadas no âmbito da especialidade do docente

- Docentes do grupo 100 em formação

- Docentes do grupo 110 em formação

- Docentes do grupo 200 em formação

- Docentes do grupo 210 em formação

- Docentes do grupo 240 em formação- Docentes do grupo 250 em formação

- Docentes do grupo 260 em formação

- Docentes do grupo 290 em formação

- Docentes do grupo 300 em formação

- Docentes do grupo 320 em formação

- Docentes do grupo 330 em formação

- Docentes do grupo 350 em formação

- Docentes do grupo 400 em formação

- Docentes do grupo 410 em formação

- Docentes do grupo 420 em formação

- Docentes do grupo 430 em formação

- Docentes do grupo 500 em formação                                                                                    

- Docentes do grupo 510 em formação

- Docentes do grupo 520 em formação

- Docentes do grupo 530 em formação

- Docentes do grupo 540 em formação

- Docentes do grupo 550 em formação

- Docentes do grupo 600 em formação

- Docentes do grupo 610 em formação

- Docentes do grupo 620 em formação

- Docentes do grupo 910 em formação

- Docentes do grupo 999 em formação

- AEJDS - Nº de docentes em formação

- AEJDS - % do total de docentes em formação

- AEP - Docentes em formação

- AEP - % do total de docentes em formação

- AEFPO - Docentes em formação

- AEFPO - % do total de docentes em formação

- AEM - Docentes em formação

- AEM - % do total de docentes em formação

- AEPOL - Docentes em formação

- AEPOL - % do total de docentes em formação

- AESH - Docentes em formação

- AESH - % do total de docentes em formação

- AEIP - Docentes em formação

- AEIP - % do total de docentes em formação

- AEPL - Docentes em formação

- AEPL - % do total de docentes em formação

- AEAS - Docentes em formação

- AEAS - % do total de docentes em formação

- ESBN - Docentes em formação

- ESBN - % do total de docentes em formação

- ESJGZ - Docentes em formação

- ESJGZ - % do total de docentes em formação

- ESAG - Docentes em formação

- ESAG - % do total de docentes em formação

- Assistentes operacionais em formação

- Assistentes técnicos em formação

- Classificação média atribuída aos formandos docentes nos cursos e oficinas

- % do total de docentes a quem foi atribuído Excelente em cursos e oficinas

- % do total de docentes a quem foi atribuído Muito Bom em cursos e oficinas

- % do total de docentes a quem foi atribuído Bom em cursos e oficinas

- % do total de docentes a quem foi atribuído Regular em cursos e oficinas

- % do total de docentes a quem foi atribuído Insuficiente em cursos e oficinas                                                  

- Classificação média atribuída aos formandos não docentes nos cursos

- Classificação média atribuída à participação dos formandos não docentes nos cursos

- Classificação média atribuída à prova de conhecimentos dos formandos não docentes nos cursos

- Média de assiduidade dos formandos docentes

Número de formandos docentes desistentes 

- Média de assiduidade dos formandos não docentes  

- Avaliação global da ação com Excelente pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Muito Bom pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Bom pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)   

- Avaliação global da ação com Regular pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Insuficiente pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação

- % de formandos docentes que não responderam ao inquérito de satisfação

- Avaliação do ambiente de trabalho da ação pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação do desempenho dos formadores pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação das temáticas da ação pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação das metodologias pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação da duração da ação pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação dos meios e recursos pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação do momento do ano letivo em que decorreu a ação pelos formandos docentes  (Inquérito de satisfação)

- Avaliação do horário da ação pelos formandos docentes  (Inquérito de satisfação)

- Avaliação do local da ação pelos formandos docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Excelente pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Muito Bom pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Bom pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Regular pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação global da ação com Insuficiente

pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação do ambiente de trabalho da ação p

elos formandos não docentes  (Inquérito de satisfação)

- Avaliação do desempenho dos formadores

pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação das temáticas da ação pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação das metodologias pelos formandos não docentes  (Inquérito de satisfação)

- Avaliação da calendário-horário da ação pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Avaliação dos recursos e materiais pelos formandos não docentes (Inquérito de satisfação)

- Número de turmas em que avaliação dos formadores pelos formandos docentes foi 5 (máxima)

- Cumprimento de funções, prazos e procedimentos pelos formadores

- Ozarfaxinars - Números publicados

- Ozarfaxinars - Número de leitores dos números publicados

- Encontros de Boas Práticas (nº de formandos)

- D… de debate! (Número de debates realizados)

- Ateliers

- Site institucional – Número de utilizadores

- institucional – Páginas visionadas

- Site institucional – Primeiro lugar de pesquisa no Google quando se digita "cfae"

- Plataforma Moodle – Funcionamento com níveis de qualidade elevada

- e-correio - Nº de mensagens processadas na conta institucional (recebidas e enviadas)    

- Dados para a avaliação do serviço prestado pelo CFAE_Matosinhos – Atendimento

- Dados para a avaliação do serviço prestado pelo CFAE_Matosinhos – Sítio da Internet

- Dados para a avaliação do serviço prestado pelo CFAE_Matosinhos – Revista eletrónica OZARFAXINARS 

- Dados para a avaliação do serviço prestado pelo CFAE_Matosinhos – Plataforma Moodle

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

- Número de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que consideram que a participação na formação realizada provocou alterações na sua prática docente         

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que consideram que a participação na formação realizada provocou alterações na sua prática docente

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio de novas metodologias

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio de aprofundamento de conhecimentos

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio de melhoria do clima de aprendizagem

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio de melhoria da comunicação pedagógica

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da diferenciação pedagógica

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da prática mais reflexiva

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da melhoria do relacionamento interpessoal

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da melhoria do desempenho como DT

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da avaliação

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da prevenção de situações de risco e de doença

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que considera terem ocorrido alterações positivas na sua prática docente no domínio da utilização das TIC

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio das novas metodologias

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio da melhoria do clima de aprendizagem

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio da avaliação  

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio da prevenção de risco e doença

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio da prática reflexiva

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio do relacionamento interpessoal

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio da diferenciação pedagógica

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio da utilização das TIC

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente, decorrentes da formação realizada, aspetos inovadores no domínio do trabalho de DT

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente os aspetos inovadores da formação com frequência

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente os aspetos inovadores da formação algumas vezes

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que aplica na sua pratica docente os aspetos inovadores da formação poucas vezes

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que consideram que a participação na formação realizada não provocou alterações na sua prática docente

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que não consideram que a participação na formação tenha tido efeitos sobre a prática docente por ter sido desinteressante

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que não consideram que a participação na formação tenha tido efeitos sobre a prática docente por não ter siso pertinente

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que não consideram que a participação na formação tenha tido efeitos sobre a prática docente por problemas metodológicos

- % de formandos respondentes ao inquérito sobre Avaliação de Impacto

que não consideram que a participação na formação tenha tido efeitos sobre a prática docente por problemas logísticos

 

VIII. Outras atividades de formação

 

1. OZARFAXINARS.

2. ebp - Encontros de Boas Práticas.

3. D… de debate!.

4. Ateliers.

 

IX. Presença Web e de e-correio

 

1. Site institucional.

2. Plataforma Moodle.

3. e-correio.

4. Outros dados do funcionamento.

 

X. Serviço prestado

 

1. Avaliação da atividade do CFAE pelos formandos docentes.

2. Avaliação da atividade do CFAE pelos formandos não docentes.

 

XI. Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças

 

1. Análise SWOT (Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças).

 

 

I  n  s  t  r  u  m  e  n  t  o  s

 

[8 passos para conceber o PFA/E]

Documento de apoio à conceção do Plano de Formação pelo AE/Escola Associado(a).

 

[Inquérito por questionário para o levantamento de necessidades de formação de Docentes]

A aplicar no âmbito dos 8 passos para conceber o PFA/E

 

[Guião de entrevista para o levantamento de necessidades de formação]

A aplicar no âmbito dos 8 passos para conceber o PFA/E

(A publicar em breve)

 

[Inquérito por questionário de avaliação diagnóstica sobre as expetativas de frequência da ação]

Da responsabilidade do CFAE_Matosinhos. A realizar aos formandos no ato da inscrição.

 

Inquérito por questionário de avaliação diagnóstica sobre o conhecimento prévio das temáticas da ação

 A realizar pelo formador.

 

[Inquérito por questionário para monitorização do grau de satisfação intermédia dos formandos]

Da responsabilidade do CFAE_Matosinhos. A aplicar a meio do período de realização de cada turma

 

[Inquérito por questionário para monitorização do grau de satisfação final dos formandos]

Da responsabilidade do CFAE_Matosinhos. A aplicar após o final de cada turma. Inclui auto-avaliação do formando e a sua perceção sobre as mudanças nas práticas.

 

Reuniões de coordenação da atividade dos formadores

A coordenação da atividade dos formadores é levado a cabo pelo Diretor do CFAE_Matosinhos. No essencial exerce-se ao longo de todo a ação de formação e compreende aspetos distintos antes da formação, durante a formação e após a formação.

 

Trabalho individual do formando

Dimensões, parâmetros, indicadores e cotações em vigor a partir de 1 de Janeiro de 2017

[Curso de formação]   [Oficina de formação]   [Círculo de estudos]   [Projeto]

 

Relatório do Formador

A apresentar pelo formador no final da ação segundo modelo definido pelo CFAE_Matosinhos.

 

[Inquérito por questionário para a recolha de perceções sobre o impacto da formação realizada]

A aplicar 3 a 6 meses após o final de cada turma, da responsabilidade do CFAE_Matosinhos

 

Avaliação de impacto no funcionamento do AE/Escola

Da responsabilidade do AE/Escola, tendo por base a definição de uma amostra de ações do Plano de Formação avaliar, utilizando como instrumentos questionários, entrevistas, e/ou análise documental, inquirindo formandos, diretor, coordenadores, outros.

 

[Avaliação de impacto de ação de formação em 4 passos]

 

Balanço da atividade desenvolvida no âmbito da Collaborare - Rede de CFAE

 

Balanço da atividade desenvolvida no âmbito de parcerias estabelecidas com outras entidades

 

 

R e l a t ó r i o   A n u a l   d e   A v a l i a ç ã o   d a   F o r m a ç ã o   e   A t i v i d a d e s

 

A elaboração do RAAFA - Relatório Anual de Avaliação da Formação e Atividades do CFAE_Matosinhos é uma das competências do Diretor do CFAE_Matosinhose da SFM – Secção de Formação e Monitorização da Comissão Pedagógica consignadas no Artº 16º do Decreto‐Lei nº 127 de 7 de Julho de 2015. Compete, depois, ao Conselho de Diretores a sua aprovação. Trata-se de um documento de Avaliação Interna do CFAE_Matosinhos em todas as suas dimensões.

 

[RAAFA 2016-17]

Aprovado pelo Conselho de Diretores no dia 17 de Abril de 2018.
 

[RAAFA 2015-16]

Aprovado pelo Conselho de Diretores no dia 23 de Fevereiro de 2017.
 

 

A v a l i a ç ã o   E x t e r n a   d o   CFAE_Matosinhos

 

A Avaliação Externa dos CFAE encontra-se em preparação pela IGEC - Inspeção-Geral de Educação e Ciência, de acordo com [informação disponível] e DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar..

 

 

 

 

© CFAE_Matosinhos